As vias rodoviárias são o meio mais utilizado pelas empresas de transporte no Brasil, com influência direta sobre a economia do país mesmo com todas as imperfeições encontradas nas estradas deste tipo de modal. Segundo o CNT de Transporte, a malha rodoviária brasileira conta com mais de 1.700.000 km de extensão distribuídas por todo o seu território, permitindo que todos tenham acesso aos produtos que movimentam a economia, sejam grandes ou pequenas cidades.
Pensando nisso, a M&O Sistemas elaborou uma lista com os 5 tipos de cargas mais utilizados na linha de transporte rodoviário no Brasil, assim você pode conhecer mais sobre como o seu produto chega até os seus clientes de acordo com cada tipo de necessidade.

CARGAS FRIGORÍFICAS

Como o nome já diz, as cargas frigoríficas são responsáveis pelo transporte de substâncias com necessidade de refrigeração, classificados em dois grupos chamados de perecíveis e congelados. Com diversas normas e exigências para estar aptos ao transporte, os caminhões que fazem este trabalho são preparados e equipados com sistemas para realizar este tipo de transporte.

CARGAS A GRANEL

O transporte de produtos a granel significa o transporte de produtos não embalados. Dividido em transporte de granel líquido ou sólido é muito comum no transporte de grãos e leite.

CARGAS VIVAS

É o tipo de transporte responsável por mover animais como vacas, galinhas e porcos. Por ser um conteúdo muito mais delicado, este tipo de transporte exige motoristas mais preparados, com especialização e treinamento para operar o transporte. A carga para o transporte de animais vivos geralmente é feita com carroceria fechada, com
saídas para ventilação, para que os animais não fiquem agitados e estressados durante a viagem. Este tipo de transporte é altamente fiscalizado devido a sensibilidade que se espera ao mover animais pelas rodovias.

CARGAS SECAS

Um dos tipos de cargas mais comuns nas rodovias brasileiras, as cargas secas são formadas por produtos industrializados e não perecíveis, ou seja, produtos que não exigem cuidados com refrigeração ou temperatura. Dentro da categoria de cargas secas existe uma grande quantidade de produtos, entre eles podemos destacar:

● encanamentos;
● madeiras;
● móveis;
● materiais para construção;
● produtos alimentícios não perecíveis;

CARGAS PERIGOSAS

O tipo mais delicado e exigente de carga são as cargas perigosas. Isso porque geralmente produtos com grande dificuldade de manuseio e que podem gerar risco à saúde, ao ambiente ou à segurança e integridade física dos motoristas e caminhoneiros.
A ONU criou uma lista de recomendações para o transporte de produtos perigosos que classifica o nível de perigo e os cuidados necessários de acordo com as características da carga transportada. Entre os principais tipos de carga deste modelo estão:

● explosivos, como fogos de artifício;
● gases inflamáveis, como o gás de cozinha;
● gases tóxicos, como o enxofre e amônia;
● líquidos inflamáveis, como o álcool e a gasolina;
● materiais radioativos.

Posted by | http://blog.mosistemas.com

 

One thought on “TRANSPORTE NO BRASIL: OS 5 TIPOS DE CARGAS MAIS COMUNS NAS RODOVIAS DO PAÍS”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *